sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Escola, Família, Sociedade e Educação

Educação começa no ventre da Mãe.
Será que é por isso que dizem "educação vem de berço"?  Não importa se o berço é de ouro, prata, bronze, nem mesmo de bambú. O que importa é, o "valor" que damos a esse processo, como ensinar um ser que não sabe nem mesmo porque veio ao mundo.

Toda a rotina diária de um bebê é uma forma de educar.
Ensinar a comer, ajudar no processo dos primeiros passos, a hora de dormir, o banho, escovar os dentinhos, comer frutas e verduras. Tudo é um passo na educação!

Esse processo é iniciado no lar, na convivência social e no dia a dia. Quando a criança vai pra escola, ela terá o apoio de um estabelecimento de ensino, que irá dar continuidade em procedimento de alfabetização, introduzindo métodos para que a criança possa ler e escrever.. E assim, continuará exercendo educação.

Mas, o aprendizado no lar não acabou, e vem os amigos, novas mudanças e novos aprendizados.

Surgem necessidade de intervenção por parte da família, e da escola nos processos não benéficos. A escola não pode assumir responsabilidade total nesse contexto e a família continuará precisando do apoio do sistema de ensino. É como um sistema, onde um órgão precisa do outro, em total sinergia.

Mas, é falando em processos sociais e como aprendemos nas nossas relações, que podem sim ser benéficas, que venho hoje parabenizar um blog. Educação com Arte, comemora 200 mil visitas, é onde  aprendo um pouco mais sobre ensinar com carinho, amor e mais arte.

Um abraço e muito mais sucesso para Olímpia.




abraços! Vivendo e Aprendendo

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Criança na exposição Ronaldo Fraga

Dar oportunidade aos pequenos de conhecer um teatro, de ir em exposições é ampliar o conhecimento e o gosto cultural da criança.

A beleza da exposição não só para criança, mas, para todos que tem a oportunidade de apreciar uma infinidade e diversidade mostrada em arte.

Logo na entrada,aquela emoção de cores, beleza e criatividade.
Eu quero aprender a fazer esses peixes!





Depois podíamos observar, através de um painel, as cidades por onde o Rio São Francisco passa.






Conhecer o ABC do São Francisco, todo colorido, rústico e de um siginificado bem brasileiro.


No fim as crianças ainda podem brincar de faz de conta, pescar alguns peixes ou apenas sentar na beira do Rio para apreciar as águas.



A minha vontade é de poder ir lá todos os dias. O Ronaldo Fraga antes de fazer moda, ele faz arte, que pode e deve ser apreciado por crianças.

Mais sobre minha ida na exposição, Ronaldo Fraga, em Abraço Mundo.




São Francisco Navegado por Ronaldo Fraga

Palácio das Artes

Av. Afonso Pena, 1.537, Centro, Belo Horizonte – MG.

terça-feira a sábado, das 9h30 às 21h.

Domingos, das 16h às 21h.

Entrada gratuita.




abraços!

domingo, 24 de outubro de 2010

O Cinema em BH


Foto: Reprodução


"Mais que exibição de filmes, a Mostra CineBH é um espaço de formação e reflexão sobre a sustentabilidade do cinema, a sua capacidade de seduzir o público, as possibilidades e viabilidade de coprodução internacional, as tendências, as novas mídias e tecnologias, o contemporâneo e o histórico, os principais movimentos estéticos mundiais"   Fonte: BH mostra o Cinema para o mundo




No endereço da mostra Cine BH, está a programação e os locais onde acontece, do dia 21 a 26/10/2010.

abraços!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Teatro Infantil - Flicts de Ziraldo

Estudando Pedagogia percebo a importância do "cultural" na educação.

É durante a prática em estágios que posso concluir o quanto é importante a inserção dos grupos sociais em projeto de artes, música, teatro, dança.
Quando fiz um estágio em outra Escola tive a oportunidade de assistir a peça do Ziraldo, interpretada pelos alunos. É claro fiquei encantada!
Assim que vi a publicidade de apresentação da peça no Pátio Savassi, com o grupo ENCENA, não perderia a oportunidade de levar meu pequetito.

E fiquei "boba" quando percebi que seria gratuito.

Mais ainda de não ter ficado lotado e termos conseguido entrar de última hora.







Quem ainda não viu Flicts, veja, porque é uma lição sobre aceitar o "diferente". Mesmo que uma cor não seja bela ao seu modo de ver, ela tem o seu valor e merece atenção.
Porque temos que excluir?

Flicts foi apresentado no final de semana 02/03 outubro 2010, mas, ainda terá  duas outras peças nos próximos fim de semana no Anfiteatro do Pátio Savassi.

Veja um pouquinho de Flicts no video abaixo.



abraços!

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Brincar e Jogar

Sim, essa forma é uma maneira divertida de ensinar ou educar.
É através das brincadeiras que desenvolvemos a capacidade de trabalho em equipe, organização, determinação, socialização.

Sou estágiária em Escola Integrada da rede Municipal, e a princípio minha oficina é de projetos variados com foco nos jogos matemáticos. A grande questão é que, quando se propõe as crianças algo pra fazer, ou se fala a palavra matemática, surge uma tremenda dificuldade na cooperação dos participantes. Isso tem me feito ficar de cabelos em pé e me dado algumas rugas a mais no lado esquerdo da boca.
Me sinto "enjaulada" com as "criONÇAS" e muitas vezes sem saída pela direita ou pela esquerda. E dentro desse contexto, onde a maioria muitas vezes me diz: _Eu não vou fazer nada! Literalmente, sem chance de mudança, fico sem saber como motivar.

Pedir por favor não surte nenhum efeito.
Gritar não é nada pedágógico, mesmo que às vezes seja necessário, vai simplesmente acabar com minhas cordas vocais e eles são maioria que gritam mais alto.

Então, na busca de plano B, Cartas na manga, alternativas para conflitos, fui incansavelmente em busca de opções fora da linha jogos matemáticos. Eles não querem contadores de História, não querem escrever, não querem desenhar.

Eles querem brincar!

Foi então que, encontrei um livro cheio de opções de Jogos e Brincadeira que possa me ajudar nessa tarefa árdua de manter as crianças em uma atividade, lembrando que tenho que propor jogos matemáticos e isso será apenas uma saída alternativa para quando estiverem totalmente desinteressados.


Depois venho contar como nos saímos no desenvolvimento das brincadeiras. Se eu não for engolida antes pelas "criONÇAS".

abraços!

P.S: Eu escutei essa palavra "crionça" pela primeira vez em sala de aula, na matéria de Didática.

sábado, 25 de setembro de 2010

Cinema Infantil - FICI


Foto: Divulgação


Se eu já gostava dos filmes feitos para criança, hoje eu amo! Principalmente porque tenho um pequenino e porque acredito que cinema é arte, cultura, entretenimento, educação, informação.

Assim que vi a publicidade do FICI fiquei encantada com a possibilidade de dar oportunidade ao meu filho de ir no cinema, porque fomos uma única vez. Apesar dele assistir muitos filmes em casa, nada se compara a atmosfera do cinema e não sei porque não tinha levado mais vezes.


FICI 2010  Belo Horizonte


Hoje assitimos Perdidos na Galaxia, o nome já nos remete ao que veremos, planetas, estrelas, imagens belíssimas misturadas às músicas instrumentais. Uma forma de despertar interesse nas crianças pelo conhecimento dos planetas e da astronomia.



Perdidos na Galáxia
Sinopse: "O astronauta amador Egon e seu parceiro Dönci, um gato gordo e xereta, vivem juntos num planeta distante do Sistema Solar. Certo dia, um objeto não identificado cai perto de sua casa e, dentro dele, um luminoso disco traz imagens da Terra. Curiosos sobre a nova civilização, os dois partem para uma longa viagem num foguetinho de sucata. Entre o calor do sol e o gelo de Plutão, vários imprevistos acontecem durante a travessia da Via Láctea. Quando eles finalmente pousam na Terra, deparam-se com um planeta diferente do esperado. Sem água e sob o calor escaldante de um deserto, são encontrados por um “terráqueo” que os abriga e mostra, através de um computador antigo, imagens do que há de bom – e também de ruim – no mundo. Assim que consertam sua nave, os dois simpáticos exploradores despedem-se do novo amigo e partem em direção a seu pacífico planeta. Entretanto, esta grande jornada está longe de terminar".
          Fonte: Interfilmes



 A programação pode ser conferida no site do FICI e do Cinemark Pátio Savassi.


Fonte: Cinemark Pátio Savassi


Abraços!

terça-feira, 7 de setembro de 2010

07 de Setembro 1822.

O que ocorreu exatamente no dia 07 setembro, data da Independência do Brasil?

Quem viu a minissérie da globo o Quinto dos Infernos pode ter uma noção caricata da realidade, mesmo que a produção não tenha sido totalmente fiel aos fatos históricos.



O que percebo é que sabemos pouco sobre o assunto, e normalmente é uma versão "superficial" dos fatos.

Há um vasto conteúdo para pesquisa sobre o assunto e até mesmo revista em quadrinhos.


Estou a procura de uma reportagem na revista Aventuras na História com curiosidades sobre o assunto. Infelizmente, não consegui localizar.
Fica a dica que essa revista é ótima sobre o assunto mitos e fatos da História.

Visitem também o site do Museu Imperial.

abraços!

terça-feira, 18 de maio de 2010

Asas pra voar com a Educação.

Se eu fosse um bicho eu queria ser uma ave pra poder voar, estar em vários lugares e conhecer várias culturas. Mas, como eu sou gente e não tem esse poder de voar, eu fico aqui a ler e imaginar, locais, sabores, sentimentos.
Quando a gente lê, podemos imaginar como seria.
Ler é se permitir voltar ao passado, reviver a História, viajar no tempo e no conhecimento.
E quanto mais o tempo passa eu percebo que quase não li e tenho que saber sobre outros assuntos, que desconheço, de grande importância.
Mas, falando precisamente sobre Educação, hoje encontrei um lindo poema de Rubem Alves, em relação a ter asas e voar.
Pra pensar:




"Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.

Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo. Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de ser pássaros. Porque a essência dos pássaros é o vôo.

Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar aos pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser encorajado."



A Pedagogia

É a Ciência da Educação.
Curso ministrado em 04 anos, com uma grade curricular ampla, abrangendo matérias como psicologia, didática, antropologia, dentre outras.
Eu sempre pensei em fazer vários cursos, e nunca havia me encontrado, hoje fazendo Pedagogia na UEMG posso dizer com clareza o quanto tem sido importante em questão de crescimento educacional, nas relações interpessoais.
Tenho compreendido melhor a criança, que fui um dia, aquela que ainda habita meu interior e todas aquelas que venham a se relacionar comigo.
Tenho compreendido o porque muitas vezes não queria estudar, porque estudava só pra passar e porque muitas vezes fiz escolhas de cursos que não se adequavam aos meus interesses, desejos e motivações. 
Tenho tido maior interesse pelas relações sociais, políticas, internacionais, assuntos em geral que afetam a pedagogia e a educação. Porque a pedagogia não é somente vinculada a criança, ela está ligada a todo um processo de educação em qualquer âmbito que possa ser empregada.
Ter e dar educação é um processo longo e contínuo, onde a Pedagogia está inserida. Significa se adequar, se transformar, aprender, ensinar, reaprender, refletir e ensinar.
Ter educação e conhecimento é ter o poder de escolha consciente, é ter poder de decisão, é ter poder de mudança e reflexão crítica sobre o que nos cerca e nos envolve.