sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Escola, Família, Sociedade e Educação

Educação começa no ventre da Mãe.
Será que é por isso que dizem "educação vem de berço"?  Não importa se o berço é de ouro, prata, bronze, nem mesmo de bambú. O que importa é, o "valor" que damos a esse processo, como ensinar um ser que não sabe nem mesmo porque veio ao mundo.

Toda a rotina diária de um bebê é uma forma de educar.
Ensinar a comer, ajudar no processo dos primeiros passos, a hora de dormir, o banho, escovar os dentinhos, comer frutas e verduras. Tudo é um passo na educação!

Esse processo é iniciado no lar, na convivência social e no dia a dia. Quando a criança vai pra escola, ela terá o apoio de um estabelecimento de ensino, que irá dar continuidade em procedimento de alfabetização, introduzindo métodos para que a criança possa ler e escrever.. E assim, continuará exercendo educação.

Mas, o aprendizado no lar não acabou, e vem os amigos, novas mudanças e novos aprendizados.

Surgem necessidade de intervenção por parte da família, e da escola nos processos não benéficos. A escola não pode assumir responsabilidade total nesse contexto e a família continuará precisando do apoio do sistema de ensino. É como um sistema, onde um órgão precisa do outro, em total sinergia.

Mas, é falando em processos sociais e como aprendemos nas nossas relações, que podem sim ser benéficas, que venho hoje parabenizar um blog. Educação com Arte, comemora 200 mil visitas, é onde  aprendo um pouco mais sobre ensinar com carinho, amor e mais arte.

Um abraço e muito mais sucesso para Olímpia.




abraços! Vivendo e Aprendendo

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Criança na exposição Ronaldo Fraga

Dar oportunidade aos pequenos de conhecer um teatro, de ir em exposições é ampliar o conhecimento e o gosto cultural da criança.

A beleza da exposição não só para criança, mas, para todos que tem a oportunidade de apreciar uma infinidade e diversidade mostrada em arte.

Logo na entrada,aquela emoção de cores, beleza e criatividade.
Eu quero aprender a fazer esses peixes!





Depois podíamos observar, através de um painel, as cidades por onde o Rio São Francisco passa.






Conhecer o ABC do São Francisco, todo colorido, rústico e de um siginificado bem brasileiro.


No fim as crianças ainda podem brincar de faz de conta, pescar alguns peixes ou apenas sentar na beira do Rio para apreciar as águas.



A minha vontade é de poder ir lá todos os dias. O Ronaldo Fraga antes de fazer moda, ele faz arte, que pode e deve ser apreciado por crianças.

Mais sobre minha ida na exposição, Ronaldo Fraga, em Abraço Mundo.




São Francisco Navegado por Ronaldo Fraga

Palácio das Artes

Av. Afonso Pena, 1.537, Centro, Belo Horizonte – MG.

terça-feira a sábado, das 9h30 às 21h.

Domingos, das 16h às 21h.

Entrada gratuita.




abraços!